Igreja Multiplicadora – Saiba o que é

admin 8 de abril de 2012 0

O que é uma igreja multiplicadora

 

Com o objetivo de evangelizar e discipular cada pessoa em solo brasileiro, Missões Nacionais tem convocado o povo Batista e trabalhado com a visão de multiplicação de cristãos e de igrejas. Na visão bíblica IM cada crente deve ser um ministro e entender que Jesus pagou um alto preço pela salvação eterna, que Deus amou o mundo com um amor sem igual e trabalhou muito pela salvação da humanidade entregando seu Único filho para morrer na cruz pelos pecados de todos. Precisamos entender que Deus não faria tamanho sacrifício para tornar as  pessoas salvas em meros religiosos, membros de uma Igreja local, sem o comprometimento com a salvação e o discipulado de outras pessoas. Sabemos que um dos objetivos na salvação de uma pessoa é fazê-la canal para alcançar outros com a mensagem do evangelho.

A visão multiplicadora está pautada no texto bíblico de Atos 9.31: “Assim, pois, as igrejas em toda a Judéia, e Galileia e Samaria tinham paz, e eram edificadas; e se multiplicavam, andando no temor do Senhor e consolação do Espírito Santo”. A igreja tinha as seguintes características:

 Multiplicava-se naturalmente;
 Crescia exponencialmente e possuía uma dinâmica de trabalho diário;
 Os desafios, perseguições, limitações humanas e a falta de recursos materiais não impediam a igreja de avançar e multiplicar;
 Os discípulos estavam comprometidos e priorizavam os interesses do Reino de Deus estando todos focados na obediência à Grande Comissão;
 A igreja era um organismo vivo e a multiplicação fazia parte de seu DNA;
 O mover do Espírito Santo era o segredo estratégico do avanço da igreja; Ele governava a expansão multiplicadora da igreja sendo a chave para o crescimento da igreja local.

Aplicação da visão Igreja Multiplicadora
A visão IM não se aplica apenas à plantação de Igrejas, mas para o crescimento de Igrejas estabelecidas e saudáveis, como também para o fortalecimento de Igrejas que se encontram em momentos críticos e sem condições de prosseguir no cumprimento de sua missão no mundo. A aplicação dos valores encontrados no novo testamento, sem dúvida, trará um grande avivamento espiritual à Igreja.

A visão IM nasceu no coração de Jesus que compartilhou com os apóstolos e deve ser adotada por todos nós. Evangelismo e discipulado deveria ser um estilo de vida para todos os salvos, como o era na Igreja primitiva. Precisamos entender que é impossível alcançar o mundo sem a multiplicação dos crentes, e essa era a expectativa de Jesus ao formar Sua Igreja. Ele esperava que os discípulos se multiplicassem e o mundo fosse alcançado ainda naquela geração. A Igreja precisa, portanto, voltar às atividades principais, que são os VALORES da visão IM: oração, evangelização, ações de compaixão, discipulado, formação de novos lideres e a multiplicação dos salvos.

Se cada crente evangelizasse e discipulasse uma pessoa por ano, o número de crentes dobraria a cada ano, isto é, haveria um crescimento de 100% ao ano e cada geração teria condições de alcançar sua própria geração. Quando pensamos na possibilidade de um salvo evangelizar e discipular uma pessoa por ano, estamos falando de algo impossível, de uma proposta viável. Poderíamos gastar três meses orando e fazendo relacionamentos; três meses evangelizando e seis meses discipulando alguém. A vontade de Jesus é que seus discípulos se multipliquem fazendo novos discípulos sendo essa a única forma ou fórmula para que a Igreja cumpra sua missão no mundo.  Por isso todas as atividades de uma Igreja devem estar focadas no cumprimento da Grande Comissão.

Junta de missões nacionais.

Leave A Response »